Bazares

BAZAR 2015 – 31º BAZAR

LOCAL – Centro de Congressos de Lisboa, amavelmente cedido pela Fundação AIP
DATA – 20 e 21 de Novembro de 2015
RECEITAS – Foram distribuídos €82.050 por 15 instituições de apoio à saúde materno-infantil.

BAZAR 2014 – 30º BAZAR

LOCAL – Centro de Congressos de Lisboa, amavelmente cedido pela Fundação AIP
DATA – 21 e 22 de Novembro de 2014
RECEITAS – Foram distribuídos mais de €100.000 por 30 instituições de apoio a pessoas carenciadas e sem-abrigo.

BAZAR 2013 – 29º BAZAR

LOCAL – Centro de Congressos de Lisboa, amavelmente cedido pela Fundação AIP
DATA – 22 e 23 de Novembro de 2013
RECEITAS – Foram distribuídos €92.990 por 25 instituições de apoio a Crianças em Risco.
(Resultados e Instituições Beneficiadas)

BAZAR 2012 – 28º BAZAR

LOCAL – Centro de Congressos de Lisboa, amavelmente cedido pela AIP Congressos
DATA – 23 e 24 de Novembro de 2012
RECEITAS – Foram distribuídos €92.000 por 36 instituições de apoio à Terceira Idade.
(Resultados e Instituições Beneficiadas)

BAZAR 2011 – 27º BAZAR

LOCAL – Centro de Congressos de Lisboa, amavelmente cedido pela AIP Congressos
DATA – 2 e 3 de Dezembro de 2011
RECEITAS – Foram distribuídos €69.820,83 por 22 instituições de apoio a pessoas portadoras de deficiência.
(Resultados e Instituições Beneficiadas)

2010 – 26º BAZAR

LOCAL – Centro de Congressos de Lisboa, amavelmente cedido pela AIP Congressos
DATA – 4 e 5 de Dezembro de 2010
RECEITAS – Foram distribuídos 70.714,67 € por 16 instituições de apoio a crianças desfavorecidas e um caso particular: Aldeia de Crianças SOS (Guarda), Árvore da Vida (Porto), Associação Criança e Vida (Porto), Banco do Bebé (Lisboa), Casa de Protecção e Amparo de Santo António (Lisboa), Centro de Acolhimento de Crianças em Risco da Santa Casa da Misericórdia (Vila Nova da Barquinha), Centro de Acolhimento e Protecção a Vítimas de Tráfico de Seres Humanos (APF), Centro de Bem Estar Social (Arronches), Centro Comunitário Paroquial da Ramada (Odivelas), Centro Social Paroquial de Cadima (Cantanhede), Centro Social Paroquial de S. Vicente de Paulo (Serafina, Lisboa), Instituto de Apoio à Criança (Açores), Ponto de Apoio à Vida – Casa de Santa Isabel (Lisboa), Lar Convívio Jovem da Santa Casa da Misericórdia do Vale de Besteiros (Tondela), Refúgio Aboim Ascensão (Faro) – (Folheto dos resultados).
Na Tômbola foram sorteados cruzeiros, fins-de-semana em hotéis e viagens (Espanha, EUA, Estónia, França, Luxemburgo, Marrocos, Suíça, Turquia), entre muitos outros prémios conseguidos também pelo Gabinete dos Açores e pelas Embaixadas da África do Sul, Argélia, Canadá, Chile, China, Coreia, Filipinas, Indonésia, Letónia, Moçambique, Noruega, Paquistão, Peru, S. Tomé e Príncipe, Sérvia e Timor.
Nos Stands Internacional e Gourmet contámos com a colaboração das Embaixadas de: Angola, Argélia, Áustria, Chile, Espanha, França, Itália, Moçambique, Noruega, Paquistão, Paraguai, São Tomé e Príncipe, Sérvia, Suíça e Timor.
OBS – Embaixadas participantes: 38, das quais 31 com stands, 2 com donativos e 5 colaborando no Gourmet, Tômbola e/ou St. Internacional.

2009 – 25º BAZAR

LOCAL – Centro de Congressos de Lisboa, amavelmente cedido pela AIP Congressos
DATA – 20 e 21 de Novembro de 2009
RECEITAS – Os 64.270,38 € angariados foram distribuídos por 16 instituições de apoio à Terceira Idade: Alzheimer Portugal, Assistência Paroquial de Santos – Casa Nossa Senhora de Fátima, APATI -Associação Promotora de Apoio à Terceira Idade, APOIO, Associação do Centro de Dia – Lar da 3ª Idade, Centro Comunitário Paroquial Nossa Senhora das Dores, Associação Resgate – Instituto Conde de Agrolongo, Centro Social Arco-Íris das Aldeias SOS, Centro Social Paroquial de Cadima, Centro Social Paroquial de Colares, Centro Social Paroquial do Rossio ao Sul do Tejo, Centro Paroquial de Assistência de Santo Antão, Centro Social Paroquial de São Francisco de Paula, Centro Social de São Matias, Residência de Velhinhos das Irmãzinhas dos Pobres, Sociedade Espanhola de Beneficência. (resultados_bazar 2009)
Na Tômbola foram sorteados cruzeiros, fins-de-semana em hotéis e viagens (França, Índia, Luxemburgo, Marrocos, Tunísia e Turquia), entre muitos outros prémios.
OBS – Embaixadas participantes: 33

2008 – 24º BAZAR

LOCAL – Museu do Oriente, amavelmente cedido pela Fundação Oriente
DATA – 21 e 22 de Novembro de 2008
RECEITAS – Os 60.500 € angariados foram distribuídos por dez instituições de apoio à vítima de violência doméstica ou que na sua actividade mais abrangente se deparam com situações desta natureza: AMCV – Associação de Mulheres contra a Violência, APAV – Apoio à Vítima, Associação Criança e Vida, Casa Abrigo Vera Cruz, Centro de Apoio à Mulher em Ponta Delgada, Centro Jovem Tabor, Conferência S. João Baptista de Alhandra, Fundação O Século, Lar do Divino Salvador e Refúgio Aboim Ascensão.
Na Tômbola foram sorteados cruzeiros, fins-de-semana em hotéis e viagens (Zurique, Tunes, Paris, Istambul, Luxemburgo), entre muitos outros prémios.
OBS – Embaixadas participantes: 29

2007 – Venda no Hotel da Lapa

O Bazar não se realizou devido a vários impedimentos. Em vez disso, organizou-se um Almoço Diplomático seguido de uma pequena venda de Natal.
LOCAL – Hotel da Lapa
DATA – 20 de Novembro
OBS – Embaixadas participantes: 13
Além disso, realizou-se, entre 27 de Novembro e 1 de Dezembro, uma segunda venda organizada pela Embaixada da Turquia, no “bruno carvalho – Soluções Atelier”.
RECEITAS – Os 34.273,13 € reverteram a favor da campanha “Inocentes de Guerra” promovida pela Fundação S. João de Deus destinada ao tratamento de crianças angolanas amputadas.

2006 – 23º BAZAR

LOCAL – Cordoaria Nacional, com o apoio do Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
DATA – 26 e 27 de Novembro de 2006
RECEITAS – Os 95.523,39 € foram distribuídos por 13 instituições de apoio à criança, entre as quais Assistência Paroquial de Santos-o-Velho, Associação Criança e Vida, Associação Nacional dos Doentes com Artrites Infantis (ANDAI), Associação de Paralisia Cerebral de Viana do Castelo, Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental de Monção (APPACDM), Associação Resgate, Centro de Bem Estar Social da Zona Alta, Centro Paroquial de Assistência da Freguesia de Santa Maria de Belém – Abrigo Infantil, Centro Social e Paroquial Nossa Senhora de Fátima (Évora), Centro Social Paroquial de Santo António de Campolide, Cersizimbra, Fundação S. João de Deus, Grupo Social de Santo Agostinho.
OBS – Embaixadas participantes: 38

2005

Excepcionalmente, por razões alheias à nossa vontade, não é possível realizar o Bazar em 2005.

2004 – 22º BAZAR

LOCAL – Cordoaria Nacional, com o apoio do Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
DATA – 26 e 27 de Novembro
RECEITAS – Os cerca de 190 mil euros de receita foram distribuídos por trinta instituições de solidariedade social com projectos na área da Educação pelo Desporto, tais como Associação Hípica Terapêutica, Centro de Acolhimento de Menores em Risco “Janela Aberta”, Clube Gaivotas da Torre, Comunidade Vida e Paz, Elo Social e LPDM Centro de Recursos Sociais.
OBS – Embaixadas participantes: 39
Jantar de Gala: Palácio Nacional da Ajuda (26 de Janeiro de 2005), com cerca de 350 pessoas. Sob o tema “Viver Veneza no Palácio da Ajuda”, foi precedido de um concerto de música barroca pela Nuova Accademia di Venezia e contou com um desfile de máscaras venezianas

2003 – 21º BAZAR

LOCAL – Cordoaria Nacional, com o apoio do Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
DATA – 28 e 29 de Novembro
RECEITAS – Os cerca de 215 mil Euros de receita do Bazar foram distribuídos por 37 instituições de apoio pessoas com deficiência, tais como a Associação Hípica para Deficientes, o Centro Social Paroquial de Vila Franca, o Elo Social, e a Paróquia de Riodades. Este valor não inclui a receita do Jantar – 21.600 Euros – posteriormente distribuída por três instituições: Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral de Viana do Castelo, Casa João Cidade (Alentejo) e Crinabel (Lisboa).
OBS – Embaixadas participantes: 41
– Jantar de Gala: Mosteiro dos Jerónimos (18 de Maio de 2004), com cerca de 280 pessoas e precedido de um concerto pelo organista João Vaz e pelo Quarteto Santa Cecília

2002 – 20º BAZAR

LOCAL – Cordoaria Nacional, com o apoio do Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
DATA – 29 e 30 de Novembro
RECEITAS – Os cerca de 190 mil Euros de receita foram distribuídos por 30 instituições de apoio a crianças necessitadas de cuidados especiais, tais como a APPACDM de Monção, a Associação Criança e Vida, o Centro Social Paroquial de Santa Maria de Belém, a Associação para a Educação de Crianças Inadaptadas de Torres Vedras.
OBS – Embaixadas participantes: 41
– Jantar de Gala: Palácio Nacional da Ajuda (12 de Março de 2003), com cerca de 320 pessoas e antecedido por um concerto patrocinado pelas Embaixadas da Áustria e da França e seguido de um desfile do costureiro José Pacheco.

2001 – 19º BAZAR

LOCAL – Cordoaria Nacional, com o apoio do Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
DATA – 23 e 24 de Novembro
RECEITAS – Os cerca de 200 mil euros de receita foram distribuídos por vinte e seis instituições de assistência em regime de voluntariado, tais como: Vencer e Viver, Comunidade Vida e Paz, Vale de Ácor, Centro de Dia Nossa Senhora dos Milagres, Associação Criança e Vida, SOL, Instituto de Santa Catarina, Cadeia da Esperança.
OBS – Embaixadas participantes: 41
– Jantar de Gala no Casino Estoril (31 de Janeiro de 2002) com mais de 400 pessoas e animado pelo cantor Luís Represas.

2000 – 18º BAZAR

LOCAL – Cordoaria Nacional, com o apoio do Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
Cordoaria Nacional, com o apoio do Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
DATA – 24 e 25 de Novembro
RECEITAS – Os 36 mil contos de receita foram distribuídos por cinquenta e três instituições de ajuda a deficientes entre elas: Santa Casa da Misericórdia do Porto, APPACDM delegações de Matosinhos, Setúbal e Monção, Centro Paroquial Santa Maria de Belém, Irmãs do Sagrado Coração de Jesus, APA – Deficientes Profundos, Centro Hospitalar de Caldas da Rainha, Cooperativa de São Pedro.
OBS – Embaixadas participantes: 43

1999 – 17º BAZAR

LOCAL – Pavilhão de Portugal na EXPO, com o apoio da Administração do Parque das Nações
DATA – 26 e 27 de Novembro
RECEITAS -Os sessenta mil contos de receita foram distribuídos por trinta e três instituições de protecção a crianças abandonadas ou em risco, entre elas: Casa do Caminho (Senhora da Hora), Assoc. Viver Criança Rúben Cunha (Lisboa), Casa dos Rapazes (Lisboa), Centro de Acolhimento de S. Tiago (Funchal), Centro de Acolhimento Temporário de Menores em Risco “Janela Aberta” (Arrentela), Centro de Apoio à Juventude João Paulo II (Lisboa), Cooperativa de S. Pedro (Barcarena), Instituto Açoriano de Apoio à Infância e Juventude (Angra do Heroísmo), Novo Futuro- Assoc. de Lares Familiares para Crianças e Jovens (Lisboa), Os Francisquinhos – Assoc. de Pais e Amigos das Crianças do Hospital S. Francisco Xavier (Lisboa).
OBS – Embaixadas participantes: 45
– Jantar de Gala, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril (13 de Janeiro de 2000), com mais de quatrocentas e cinquenta pessoas, seguido de um espectáculo de música e dança brasileira, pela Companhia Carlinhos de Jesus (apoio da Embaixada do Brasil).
[ Recortes ]

1998 – 16º BAZAR

LOCAL – Cordoaria Nacional, com o apoio do Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
DATA – 27 e 28 de Novembro
RECEITAS -Os cerca de quarenta e oito mil contos obtidos foram distribuídos por trinta e nove instituições de apoio à terceira idade, entre as quais: Recolhimento de N.ª Senhora do Carmo da Lapa, Assoc. Regional de Apoio à 3ª Idade (Moimenta da Beira), Centro Social da Paróquia de Vila Franca (Viana do Castelo), Hospício Princesa D. Amélia (Funchal), Cáritas da Horta (Açores), Centro Social da Paróquia de Mundão (Viseu).
OBS – Embaixadas participantes: 39 (no ano da EXPO!)
– Jantar de Gala no Palácio Nacional da Ajuda (9 de Fevereiro de 1999), precedido de um espectáculo de música e dança grega, pelo grupo Linos Kokotos (apoio da Embaixada da Grécia)
– Sorteio da Tômbola a cargo de José Figueiras.
[ Recortes ]

1997 – 15º BAZAR

LOCAL – Armazém C2 de Alcântara, da APL- Administração do Porto de Lisboa
DATA – 21 e 22 de Novembro
RECEITAS – Os cerca de quarenta e oito mil contos foram distribuídos por vinte obras de apoio a deficientes e crianças em risco, entre as quais: Assoc. de Ajuda ao Recém-Nascido, SOL – Assoc. de apoio às crianças infectadas pelo vírus da sida e suas famílias, Assoc. Nacional de Famílias para Integração da Pessoa Deficiente, Assoc. Portuguesa de Paralisia Cerebral, Assoc. Portuguesa p/ a Protecção aos Deficientes Autistas. O resultado da venda dos bilhetes do concerto reverteu a favor do Centro Infantil do Bairro Novo do Pinhal (Fim do Mundo).
OBS – Embaixadas de eventos:
-Jantar de Gala no Palácio Nacional da Ajuda (6 de Fevereiro de 1998), com um recital pelo grupo The Moscow Balalaikas (apoio da Embaixada da Rússia)
– Tômbola apresentada por Raúl Solnado e Margarida Mercês de Melo.
– Concerto pelo Moscow Balalaikas Ensemble, no Grande Auditório da Fundação Calouste de Gulbenkian (9 de Fevereiro de 1998)
[ Recortes ]

1996 – 14º BAZAR

LOCAL – Cordoaria Nacional, cedida pelo Museu de Marinha (Ministério da Defesa Nacional)
DATA – 22 e 23 de Novembro
RECEITAS – As verbas no valor de quarenta e três mil contos reverteram a favor de trinta e oito instituições de apoio à criança, entre elas: Casa de Betânia (Queijas), Abrigo Nª Senhora da Conceição (Funchal), Acreditar (Lisboa), Assoc. Portuguesa de Paralisia Cerebral (Lisboa), Assoc. A Casa do Caminho (Senhora da Hora), CEBI (Alverca), Centro de Acolhimento de Crianças em Risco Nª Senhora do Amparo (Setúbal).
OBS – Embaixadas participantes: 44
– Registaram-se dez mil entradas pagas.
– Chá de Beneficência na Estufa Fria (6 de Novembro), antecedido de um desfile de moda pela estilista Ana do Carmo, sendo as modelos as embaixatrizes de Angola, Grécia, Japão, Paquistão e Turquia, a que se associou a D. Maria José Ritta; música a cargo do acordeonista Michel.
– Jantar de Gala no Palácio Nacional da Ajuda (30 de Janeiro de 1997), com de trezentas pessoas, antecedido de um recital de canto e piano pela soprano Martina Rüping e a pianista Sabine Klinkert (apoio da Embaixada da Alemanha).
[ Recortes ]

1995 – 13º BAZAR

LOCAL – Armazém A/B do Jardim do Tabaco, com o apoio da Animatejo e da APL
DATA – 24 e 25 de Novembro
RECEITAS – As verbas de mais de 40.000 contos foram distribuídas por vinte e cinco obras de apoio ao cidadão deficiente, entre as quais: Assoc. de Pais e Amigos de Deficientes Profundos (Lisboa), Casa de S.ta Isabel (S. Romão de Sei), Assoc. Portug. de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (Viana do Castelo), Assoc. Portuguesa de Paralisia Cerebral – Centro Nuno Belmar da Costa (Oeiras), CERCIMA (Montijo e Alcochete), Assoc. Portug. de Deficientes (Porto), Assoc. de Pais e Amigos dos Deficientes Mentais Adultos e Profundos (Lisboa).
OBS – Embaixadas participantes: 38
– Chá de Beneficência (15 de Novembro), no Palácio Conde de Óbidos, sede da Cruz Vermelha Portuguesa, com a presença musical de Paula Ribas, Luís N’ Gambi e Raúl Indipwo.
– Jantar de Gala no Palácio Nacional da Ajuda (8 de Fevereiro de 1996), com cerca de trezentas pessoas, antecedido de um desfile de Alta Costura por Augustus, seguido de música para dançar, tocada por Shegundo Galarza.
[ Recortes ]

1994 – 12º BAZAR

LOCAL – Armazém A/B do Jardim do Tabaco, com o apoio da APL- Administração do Porto de Lisboa
DATA -18 e 19 de Novembro
RECEITAS Os cerca de quarenta e cinco mil contos alcançados foram distribuídos por vinte e cinco instituições de apoio à 3ª Idade, entre as quais: Centro Social Paroquial de Rossio ao Sul do Tejo, Santa Casa da Misericórdia do Vale de Besteiros, Santa Casa da Misericórdia de Portalegre, Cáritas Regional de S. Miguel (Açores), Lar de Santa Isabel da Santa Casa da Misericórdia do Funchal.
OBS – Embaixadas participantes: 37
– Chá de Beneficência (14 de Novembro), em casa de Isabel Lowndes Marques, animado com fados e guitarradas por Rodrigo Costa Félix e Salvador Taborda Ferreira, acompanhados por Francisco Perez e José Luís Nobre da Costa e com a de música angolana de Raúl Indipwo.
[ Recortes ]

1993 – 11º BAZAR

LOCAL – Armazém n.º 3 da Doca de Alcântara, com o apoio da Administração do Porto de Lisboa
DATA – 26 e 27 de Novembro
RECEITAS – Mais de cinquenta e um mil e quinhentos contos doados a vinte e sete instituições, entre as quais a Assoc. Portuguesa de Paralisia Cerebral, Obra do Ardina, Assoc. SOL, Assoc. Cristã da Mocidade da Covilhã, Assoc. de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental, Centro de Educação Especial do Refúgio e da Quinta da Várzea.
OBS – Embaixadas participantes: 42
– Número record de mais de nove mil entradas pagas.
– Chá de Beneficência (4 de Novembro), no Salão Almada Negreiros do Hotel Ritz, animado pelo Grupo Coral da Obra do Ardina (uma das instituições a beneficiar)
– Tômbola apresentada por Eládio Clímaco.
– Jantar de Gala no Palácio Nacional da Ajuda (3 de Dezembro), com mais de 300 pessoas, antecedido por um desfile de Alta Costura da estilista italiana Raffaella Curiel (apoio da Embaixada de Itália).
[ Recortes ]

1992 – 10º BAZAR

LOCAL – Edifício da Administração do Porto de Lisboa, Doca de Alcântara, cedido pela CININTER-Centro Integrado de Negócios Internacionais, DATA – 4 e 5 de Dezembro
RECEITAS – Quarenta e oito mil contos revertidos a favor de dezassete instituições de solidariedade social, entre as quais: Centro Social de Miragaia, Centro Comunitário Paroquial Nª Senhora das Dores, Fundação Lar de Cegos de Nª Senhora da Saúde, Centro Social Nª Senhora da Fuseta.
OBS -Embaixadas participantes: 35
-Jantar de Gala (2 de Dezembro), no Palácio Nacional da Ajuda, com um recital pela soprano Ileana Contrubas e o pianista Adriano Jordão, apresentados por Herman José. Presentes duzentas e cinquenta pessoas.
[ Recortes ]

1991 – 9º BAZAR

LOCAL – FIL – Feira Internacional de Lisboa
DATA – 22 e 23 de Novembro
RECEITAS – Os quarenta e seis mil contos reverteram a favor de dezoito lares para a terceira idade: Centro da Terceira Idade da S.ta Casa da Misericórdia de Almodôvar, Centro Social do Casal Ventoso, Centro de 3ª Idade da S.ta Casa a Misericórdia de Marvão, entre outros.
OBS -Embaixadas participantes: 36
– Jantar no Salão Nobre do Hotel Ritz, (27 de Novembro), presentes mais de trezentas pessoas, recebidas por pagens vestidos com trajes do século XVIII. Animação com bailarinos argentino, um grupo de pipers escoceses e o pianista Shegundo Galarza. Leilão de uma aguarela de Luís Pinto Coelho e sorteio de viagens (Sófia, Suíça, Tunis, Roma, Madrid).

1990 – 8º BAZAR

LOCAL – Forum Picoas
DATA -14 e 15 de Dezembro (numa Sexta-Feira e Sábado, modelo que se mantém até hoje).
RECEITAS – Os cerca de vinte e cinco mil contos alcançados reverteram para obras de apoio a crianças deficientes profundas: Cooperativa de S. Pedro para Crianças Inadaptadas (Oeiras), Assoc. para a Educação de Crianças Inadaptadas (Torres Vedras) e Crinabel – Educação de Crianças e de Jovens Inadaptadas.
OBS – Embaixadas participantes: 32
[ Recortes ]

1989 – 7º BAZAR

LOCAL -Forum Picoas
DATA -14 e 15 de Dezembro.
RECEITAS -Os vinte e dois mil contos obtidos foram distribuídos pela Conferência de S. Vicente de Paulo (Açores), a Emergência Infantil, a Fundação Cecília Zino (Madeira), S.ta Casa da Misericórdia de Monção, Refúgio Aboim Ascensão (Algarve) e a Conferência de S. Vicente de Paulo (Paredes).
OBS -Embaixadas participantes: 39
-Na Tômbola foram sorteados electrodomésticos, além das habituais viagens (Cabo Verde, Canadá, Nova Iorque, Telavive, Marrocos, Palma de Maiorca), fins-de-semana em hotéis e um cruzeiro no paquete Funchal.

1988 – 6º BAZAR

LOCAL – Forum Picoas
DATA – 29 e 30 de Novembro
RECEITAS -Vinte e três mil contos, distribuídos pela Liga dos Bombeiros Portugueses, Bombeiros Voluntários de Mortágua, Bombeiros Voluntários de Lisboa, Lar dos Bombeiros, Centro Social e Paroquial Senhora da Nazaré, Centro Social e Paroquial do Souto da Carpalhosa, Movimento de Apoio ao Diminuído Intelectual.
OBS -Embaixadas participantes: 45
[ Recortes ]

1987 – 5º BAZAR

LOCAL -Castelo de São Jorge, sala Ogival com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa.
DATA – 9 e 10 de Dezembro (11-21h e 10-18h)
RECEITAS – Quinze mil e quinhentos contos doados ao Instituto Português de Reumatologia de Lisboa e ao Centro Social da Sé Catedral do Porto.
OBS – Embaixadas participantes: 42.
– 1ºJantar de Gala (9 de Dezembro), no Restaurante Casa do Leão; presentes o Presidente da República, o Primeiro-Ministro, o Ministro dos Negócios Estrangeiros e outras individualidades; animação com fados por Teresa Tarouca e Luz Sá da Bandeira.
– Tômbola com viagens a Roma, Bruxelas, Paris, Nova Iorque, Telavive e um cruzeiro de sete dias pelo Mar Egeu no paquete Funchal.
– Posterior venda de artigos remanescentes, no Forum Picoas.
[ Recortes ]

1986 – 4º BAZAR

LOCAL Castelo de São Jorge, Sala Ogival,com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa.
DATA – 17 e 18 de Dezembro (das 11h às 22h e das 10h às 18h)
– Início da participação das duas regiões autónomas (Açores e Madeira) e da colaboração das mulheres dos governadores civis, a qual se estendeu às mulheres dos presidentes de Câmara de cada concelho,a pedido da Dra. Maria de Jesus Barroso, mulher do Presidente da República.
RECEITAS – Os mais de catorze mil contos alcançados reverteram a favor da Obra Social da Madre Teresa de Calcutá em Portugal e a Casa do Gaiato.
OBS -Embaixadas participantes: 42
-Tômbola com apresentação de Carlos Cruz.
– Leilão de objectos de arte num Antiquário da Rua da Escola Politécnica (5 de Maio de 1987); os objectos a leiloar estiveram expostos no mesmo local, nos dias 4 e 5 de Maio.
[ Recortes ]

1985 – 3º BAZAR

LOCAL Castelo de São Jorge, na Sala Ogival, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa.
DATA – 4 e 5 de Dezembro
-As embaixadas dos países escandinavos realizaram, pela primeira vez, e até hoje, separadamente, um Bazar de Natal, também ele revertendo a favor de obras sociais.
RECEITAS Cinco mil contos revertidos a favor do Centro Social e Paroquial de S. Vicente de Paulo, principal impulsionador da construção de um lar para a terceira idade, nos bairros da Serafina e da Liberdade. [ Recortes ] [ OBS Embaixadas participantes: 46 Tômbola com um leilão apresentado por Herman José,além do sorteio habitual de viagens a Itália, EUA, Brasil, Canadá, Israel, Atenas, Madeira, Bélgica e Marrocos.
[ Recortes ]

1984 – 2º BAZAR

LOCAL Castelo de São Jorge, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa
DATA 3 e 4 de Dezembro (entre as 12h e as 18h).
RECEITAS Três mil e trezentos contos, revertidos inteiramente a favor da Associação Portuguesa de Pais e Amigos das Crianças Diminuídas Mentais
OBS: Embaixadas participantes: 51
-Sem stands, nem sequer mesas, tudo foi oferecido, desde uma camioneta cheia de rolos de tecido (que levou dias a cortar), faianças, estanhos, casquinhas, brinquedos de toda a espécie e feitio, electrodomésticos, mobiliário e tudo se vendeu.
-A Tômbola ofereceu viagens a Montreal, Rio de Janeiro, Paris, Nova Iorque, Marrocos, um casaco de peles, whisky, entre muitos outros prémios.
Chá no Casino do Estoril, oferecido pela Dra. Manuela Eanes aos colaboradores
[ Recortes ]

1983 – 1º BAZAR

LOCAL FIL – Feira Internacional de Lisboa, Pavilhão 5
DATA 12 de Dezembro (das 14h às 19h).
RECEITAS A totalidade das receitas (dois mil contos) reverteu a favor da Obra do Ardina.
OBS -43 embaixadas, em stands colectivos (os da Europa, África, Ásia, América do Norte e América Latina).
-Stand único com doces e outras especialidades gastronómicas de cada país.
-Pequeno-almoço oferecido pela Dra. Manuela Eanes a todos os colaboradores da iniciativa.
-Tempo record de organização: pouco mais de um mês.
-Os artigos expostos eram à consignação, por impossibilidade de obter apenas dádivas em tão pouco tempo.
-A Tômbola sorteou prémios oferecidos pelas embaixadas e algumas empresas, entre outros, viagens a Nova Iorque, Rio de Janeiro, Marrocos, Londres e Copenhaga.
[ Recortes ]

Como começou?

Em Outubro de 1983, a Dra. Manuela Eanes, mulher do Presidente da República de então, convocou a jovem ACDP para um encontro. Tratava-se de dar vida a um desejo manifestado por algumas embaixatrizes estrangeiras, no sentido de ajudar as instituições portuguesas de solidariedade social. Na opinião da Dra. Manuela Eanes, as melhores interlocutoras para pôr de pé essa ideia eram as mulheres dos diplomatas portugueses. À semelhança do que era prática noutros países, instituía-se o BAZAR de NATAL, com a particularidade de, além de angariar fundos para fins de beneficência, divulgar o artesanato e as especialidades gastronómicas de cada país.
Em menos de dois meses um grupo pioneiro de mulheres de diplomatas portugueses em colaboração com as embaixadas acreditadas no nosso país deitou mãos à obra e organizou o primeiro Bazar, na FIL. A receita de dois mil contos permitiu construir um lar da Obra do Ardina.
O sucesso do primeiro não deixou dúvidas acerca do que fazer a seguir. Foi tão simplesmente assim que a ACDP se viu envolvida na realização anual do Bazar Internacional do Corpo Diplomático.

Como é preparado o Bazar?

Dos suores frios e das dores de cabeça não vale a pena falar, são ponto assente, sobretudo nas vésperas da inauguração. Apenas algumas indicações práticas a ter em conta e que são parte da receita do sucesso:

  1. Conseguir graciosamente um espaço amplo (cerca de 2.000 m2), com facilidades de estacionamento e acesso.
  2. Divulgar a tempo o calendário de actividades e dividir tarefas específicas (Contabilidade, Imprensa/Publicidade, Tômbola, Bar, Restaurante, Galeria de Arte, Stand português, Chá de Beneficência, Jantar de Gala).
  3. Ter o engenho e a arte de tudo fazer com o mínimo de custos possível, improvisando, solicitando donativos em dinheiro, ou em espécie, recorrendo a empresas, entidades públicas e privadas.

O patrocínio e empenhamento pessoal da mulher do Presidente da República são também pedra de toque neste evento. A sua presença nos vários eventos do Bazar, assim como do Presidente da República no Jantar de Gala, o seu envolvimento na escolha das instituições a auxiliar, culminando com a entrega dos donativos no Palácio de Belém, são provas patentes da credibilidade desta iniciativa.

Como se seleccionam as obras a beneficiar?

Depois de definido em cada ano o tema do Bazar, atribui-se um critério que presidirá à análise dos pedidos de auxílio financeiro que vão chegando à Associação e à Presidência da República a partir de Setembro e que termina geralmente em Março. Depois de visitadas as instituições, um grupo eleito para o efeito procede à difícil e morosa tarefa da selecção final. O Bazar encerra oficialmente com a cerimónia de entrega dos donativos pela mulher do Presidente da República, no Palácio de Belém, na presença dos contemplados, das embaixatrizes estrangeiras e dos demais colaboradores deste evento.